As receitas falam – e pela raiz

Em um dos primeiros posts publicados no Lembraria, escrevi sobre receitas impressas em livros e cadernos antigos e sobre o idioma “falado” por elas, uma linguagem tão própria quanto viva e dinâmica. Desde o lançamento do livro Cozinha Tradicional Paulista em 1963, por exemplo, o imperativo “mate uma galinha” perdeu completamente o sentido em meio à descrição de uma…