Notas sonoras, número zero

pod1

O Lembraria foi ao ar pela primeira vez há mais ou menos um ano (!), a fim de dar voz às histórias de comida. Voz escrita, visual. Entendemos que nessa memória, quase sempre presente e nostálgica, nos contamos e enxergamos. Não há novidade ou exagero em dizer que a vida é marcada pela relação com os alimentos e o que acontece ao seu redor. Às vezes, essa relação é meio invisível; outras vezes, prática ou visceral. Na terra, no restaurante, na cozinha, à mesa. A gente “sente o que lembra” e, como escreveu Paulo Vanzolini em Tempo e Espaço, se confunde para se achar (“Não sei de quem visse o começo e sequer reconheço o que é meio, o que é fim. Pra viver no teu tempo é que eu faço viagens no espaço, de dentro de mim.”).

Resolvemos agora criar um outro canal para essas vozes possíveis. Ainda nos debatendo com as ferramentas de áudio, surge o podcast de número zero. Quem sabe ao completar uma “trilogia de rádio sem nome” possamos anunciar um canal oficial do Lembraria, para quem desejar nos ouvir quando e onde puder e quiser?

Com a introdução da música Mixing Pot (Tacho), do álbum Slaves Mass (Hermeto Pascoal, 1979)*, tiramos do tacho das Notas de canapé a história de vida de certa Dona Risoleta, filha de ex-escravo, cozinheira desde criança. Pegue um café bem quente e aperte o play.

*a cada programa, escolhemos uma música para ilustrar e dela usamos, em média, 20 segundos na partida e na chegada.

2 comentários Adicione o seu

  1. MAURO GARCIA disse:

    História emocionante! Torcendo pela Rádio Lembraria.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s