“Comemos nossas lembranças…”

“É mais lógico acreditar que comemos nossas lembranças, as mais seguras, temperadas de ternura e de ritos, que marcaram nossa primeira infância.”

A historiadora francesa Luce Giard, no segundo volume de A Invenção do Cotidiano, livro que assina com Michel de Certeau e Pierre Mayol, faz belas reflexões sobre comida e memória, sobre as transformações culinárias ocorridas no século XX, sobre como o regional-familiar ficou de lado para dar lugar ao global-impessoal na cozinha. A frase transcrita acima está na página 250. Mais à frente, entre as páginas 296 e 297, em meio a outros inúmeros excertos dignos de reprodução, ela finaliza o capítulo Cozinhar assim, em uma quase ode às mulheres que, por tanto tempo, foram mestres cozinheiras do cotidiano, mesmo sem perceber:

“Mas o trabalho cotidiano nas cozinhas continua sendo uma maneira de unir matéria e memória, vida e ternura, instante presente e passado que já se foi, invenção e necessidade, imaginação e tradição – gostos, cheiros, cores, sabores, formas, consistências, atos, gestos, movimentos, coisas e pessoas, calores, sabores, especiarias e condimentos. As boas cozinheiras jamais são pessoas tristes ou desocupadas. Elas trabalham para dar forma ao mundo, para fazer nascer a alegria do efêmero, nunca deixam de celebrar as festas dos grandes e dos pequenos, dos sensatos e dos insanos, as maravilhas descobertas dos homens e das mulheres que compartilham o viver (no mundo) e o couvert (à mesa). Gestos de mulheres, vozes de mulheres que tornam a Terra habitável.”

1 comentário Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s