“A pasta de feijão é um sentimento, filho”

Sabor da Vida (Japão, 2015), de Naomi Kawase
Paciência: Wakana, Tokue e Sentaro observam as cerejeiras em flor. Quase tudo é questão de saber esperar

Seria um insulto cozinhar os feijões logo depois de adoçar. Eles precisam se acostumar com a doçura… É como um primeiro encontro, em que se observa o outro por duas horas. “A pasta de feijão é um sentimento, filho. Você não amassa a pasta, ela se forma sozinha”, explica a velha cozinheira Tokue para Sentaro, o gerente de uma confeitaria japonesa em Tóquio. O lugar é especializado em dorayaki, uma espécie de sanduíche doce em que duas panquecas graúdas, redondas e bem macias são preenchidas por uma creme de feijão vermelho cozido em açúcar.

O longa Sabor da Vida (Japão, 2015), de Naomi Kawase, fala da amizade entre Tokue, Sentaro e a menina Wakana e dos achados de cada um deles nesse encontro.

Tokue, que se revela tão bonita, mas tão bonita mesmo em sua delicadeza, seja ao morder um doce, seja ao arrancar um gorro da cabeça, abana sua mãozinha para o improvável quando responde a um anúncio de emprego feito por Sentaro. Ela tem mais de 70 anos, vive em um asilo distante e de lá só se comunica por cartas (não usa telefone). Ainda que seja obrigada a conviver com a brutalidade do preconceito (por motivos que você vai entender assistindo), Tokue enxerga com olhos puros e vivos o significado dos dias em uma profusão de delicadezas que muitas vezes nos escapam. Há o florescer das cerejeiras, o cantar aflito de um passarinho engaiolado, o barulho do doce cozinhando longamente… Essas pequenas coisas que sabemos enormes e que podem nos atingir de formas distintas.

Quando se oferece para ajudar Sentaro a preparar um dorayaki mais gostoso, Tokue transforma feijões e ensina duas pessoas solitárias e muitas vezes tristes — o “chefe” e a estudante, a menina que se chama Wakana — a se relacionar de um jeito diferente com o que temos: os dias.

Trailer em HD

2 comentários Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s